ff.jpg

OVÁRIOS MICROPOLICÍSTICO

A síndrome de ovário micropolicístico ė a mais comum desordem endócrina que afeta as mulheres na idade reprodutiva, sua incidência ė de 6 a 10%.

 

Encontramos um aumento na produção dos hormônios masculinos. Esta síndrome e definida por três critérios: hiperandrogenismo, irregularidade menstrual, anovulação e presença de cistos nos ovários. Segundo os critérios de Rotterdan 2004 ė necessário a presença de dois desses critérios para fazermos o diagnostico da doença.


Os principais sintomas da SOP (síndrome dos ovários micropolicísticos) são: irregularidade menstrual, acne, hirsutismo e disfunção ovulatória.


Mulheres com SOP são mais propensas a aumento da gordura abdominal ou visceral e esta associada a uma maior resistência a insulina, apresentam aumento no índice de massa corpórea e irregularidade menstrual e por sua vez ciclo anovulatório.


Pacientes portadora de ovário micropolicístico tem mais dificuldade para engravidar, devido alterações no ciclo menstrual e dificultando a ovulação.


Quando a paciente nos procura com desejo de gravidez e ela esta acima do peso a nossa primeira orientação ė a mudança no estilo de vida, através de uma dieta equilibrada e saudável e exercícios frequentes. Muitas pacientes é com a mudança do estilo de vida ela volta a menstruar regularmente e consequentemente volta a ovular, podendo até engravidar espontaneamente.


O tratamento para as pacientes que a causa da infertilidade é a síndrome dos ovários micropolicístico deve ser individualizado
podemos fazer apenas uma indução da ovulação com coito programado, inseminação intra uterina e fertilização in vitro. Utilizamos alguns medicamentos para indução da ovulação: como: citrato de clomifeno, inibidor da aromatase e gonadotrofinas. Para pacientes que possuem resistência a insulina podemos também introduzir a metformina associado com o indutor da ovulação.


Nas pacientes que serão candidatas a realização de inseminação intra uterina ou fertilização in vitro, devemos usar baixa dose de gonadotrofinas para prevenir a síndrome de hiper estimulo.